Materiais Ecológicos 

 

 

Um material ecológico é aquele que pode ser reciclado directamente na Natureza! 
 
Aqui estão alguns dos materiais que usamos regularmente
 
PAREDES REBOCADAS COM ARGAMASSA DE C
PAREDES REBOCADAS COM ARGAMASSA DE C

press to zoom
ciclo da cal.jpg
ciclo da cal.jpg

press to zoom
Cal.png
Cal.png

press to zoom
PAREDES REBOCADAS COM ARGAMASSA DE C
PAREDES REBOCADAS COM ARGAMASSA DE C

press to zoom
1/3
Argamassas de cal aérea



As argamassas executadas com cal aérea só endurecem absorvendo o CO2 da atmosfera, isto é, a cal fixa no reboco, o CO2 que foi produzido na fábrica, exceto o que resultou da queima do combustível utilizado, que em muitos casos são produtos resultantes da transformação da madeira.

Este diferente processo de endurecimento é facilmente verificado quando 

constatamos que uma argamassa de areia, água e cal aérea, uma vez encerrada num saco plástico não mais endurece, em nítido contraste com o que aconteceria se tivesse sido utilizado o cimento ou cal hidráulica em substituição da cal aérea.

 

REDUZ o consumo energético no processo de fabrico, quando comparado com o do cimento: a calcinação da pedra calcária produz-se a cerca de 900ºC ao contrário do cimento que necessita para a sua produção de temperaturas superiores a 1400ºC.

RECICLA subprodutos de outras atividades industriais e artesanais que constituem resíduos de difícil eliminação.

REUTILIZA o CO2 presente na atmosfera, constituindo desta forma um purificador do ar no exterior e interior dos edifícios.

 

Fonte: Fradical.pt

PAREDE DESCOFRADA EM BARROCAL
PAREDE DESCOFRADA EM BARROCAL

press to zoom
VIBRAÇÃO DO BARROCAL
VIBRAÇÃO DO BARROCAL

Tarefa opcional, só executada quando se pretende um material mais compactado e rijo.

press to zoom
BARROCAL EM BLOCOS
BARROCAL EM BLOCOS

Argamassado com cimento verde

press to zoom
PAREDE DESCOFRADA EM BARROCAL
PAREDE DESCOFRADA EM BARROCAL

press to zoom
1/17
Barrocal



BARROCAL é um material ecológico composto por terra, areia, palha água e ET (estabilizador de terra). Complementa um sistema construtivo criado pela COMTERRA. 

 

Compõem um sistema estrutural autoportante com estrutura de madeira de prevenção de sismos, e em determinados casos reforços com pilares em betão armado.

 

É um sistema aplicado em edifícios totalmente projetados e construídos, orçamentados, acessorados e executados com parceiros da COMTERRA.

 

 

ESTE MATERIAL É EXCLUSIVO DAS NOSSAS OBRAS

 

Se pretender mais informações sobre este material, por favor, contacte-nos.

CIMENTO VERDE
CIMENTO VERDE

Argamassa composta por ET (estabilizador de terra e areia)

press to zoom
CIMENTO VERDE
CIMENTO VERDE

press to zoom
CIMENTO VERDE
CIMENTO VERDE

press to zoom
CIMENTO VERDE
CIMENTO VERDE

Argamassa composta por ET (estabilizador de terra e areia)

press to zoom
1/7
Cimento verde



Nome dado à composição entre areia e ET (estabilizador de terra).

Tal como o cimento portland ou a argamassa de cal aérea pode ter várias composições para vários objetivos.

 

Serve para encasques de vários materiais, argamassar alvenaria de pedra, tijolo, adobe, taipa, BARROCAL, tabique, entre outros.

 

 

ESTE MATERIAL É EXCLUSIVO DAS NOSSAS OBRAS

 

Se pretender mais informações sobre este material, por favor, contacte-nos.

AGLOMERADO NEGRO DE CORTIÇA
AGLOMERADO NEGRO DE CORTIÇA

press to zoom
REGRANULADO NEGRO DE CORTIÇA EXPAND.
REGRANULADO NEGRO DE CORTIÇA EXPAND.

press to zoom
O NOSSO SISTEMA DE ISOLAMENTO
O NOSSO SISTEMA DE ISOLAMENTO

Acústico e térmico

press to zoom
AGLOMERADO NEGRO DE CORTIÇA
AGLOMERADO NEGRO DE CORTIÇA

press to zoom
1/4
Aglomerado negro de cortiça e regranulado de cortiça expandida​



Constitui o nosso isolamento térmico de eleição.

 

O Aglomerado de Cortiça Expandida, internacionalmente denominado “INSULATION CORK BOARD” ou ICB, é um produto de origem vegetal que provém da FALCA, que é um tipo de cortiça muito específico. Esta cortiça é proveniente das operações de poda e limpeza dos sobreiros. Após a extração da FALCA, procede-se à sua trituração, para separação do entrecasco e posterior granulação. Os grânulos de FALCA são colocados em autoclaves e expandidos, por ação do vapor de água. Uma vez que os grãos encontram-se confinados ao espaço do autoclave e não tendo por onde expandir, os mesmos transformam-se num bloco de grãos aglutinados, por meio da resina libertada. Uma vez estabilizados, os blocos de Aglomerado de Cortiça Expandida, são serrados nas diferentes espessuras e embalados, com vista à sua colocação nos diferentes mercados. O Aglomerado de Cortiça Expandida, apresenta-se como um produto 100% renovável, que proporciona uma economia energética, com o correspondente incremento no conforto, proporcionado por um isolamento natural e sustentado que não compromete as necessidades das gerações futuras.

 

O Regranulado de Cortiça Expandida (RGR) é um subproduto que provém da reciclagem do ICB. Este produto obtém-se a partir das operações de corte e serragem das placas, bem como a partir da trituração das placas danificadas durante a sua produção. Obtém-se ainda a partir da reciclagem das placas de ICB, provenientes de edifícios que foram reabilitados ou demolidos.

 

Fonte: http://www.isocor.pt/produtos/

ESTABILIZADOR DE TERRA
ESTABILIZADOR DE TERRA

press to zoom
ESTABILIZADOR DE TERRA
ESTABILIZADOR DE TERRA

press to zoom
1/1
ET - Estabilizador de Terra



Foi especialmente criado para solucionar desvantagens que a construção com terra tinha, como por exemplo, o baixo rendimento, a permeabilidade à água (que impedia a construção em épocas de chuva), o alto custo (devido à inadaptação do material, terra, aos conhecimentos e métodos construtivos hoje em dia existentes) e a necessidade de mão-de-obra especializada.

 

O ET é um produto totalmente ecológico com componentes minerais totalmente passíveis de serem reabsorvidos pela natureza, desde o momento da sua produção até á destruição da construção.

 

É elemento essencial para a produção do Barrocal, material produzido da mesma forma que qualquer betão que pode ser executado em qualquer estação do ano. Este é uma argamassa mais leve que a terra em cerca de 300kg por metro cúbico e com inércia térmica ligeiramente inferior o que lhe confere maior capacidade de isolamento térmico.

 

O Barrocal utiliza a amplitude térmica, que no nosso país é bastante relevante, a favor da poupança energética pois vai absorver parte da energia que lhe está a ser induzida externamente, durante o dia e noite, transferindo cerca de um terço dessa energia para o interior do edifício, energia essa que o utilizador não tem de produzir, e consequentemente, pagar. Com o Barrocal não se pretende um material isolante térmico mas sim, um material com capacidade doseada da absorção térmica pelas paredes do edifício. 

 

 

ESTE MATERIAL É EXCLUSIVO DAS NOSSAS OBRAS

 

Se pretender mais informações sobre este material, por favor, contacte-nos.

press to zoom
BARROTE QUE RECEBE AS VIGAS
BARROTE QUE RECEBE AS VIGAS

press to zoom
VIGAMENTO DE COBERTURA PLANA
VIGAMENTO DE COBERTURA PLANA

press to zoom

press to zoom
1/11
Madeira



A madeira é o material de eleição da Comterra no que concerne aos reforços de prevenção sísmica, janelas e portas, bem como aos pavimentos e coberturas.

 

Desde madeiras maciças a aglomerados, são escolhidas e utilizadas de acordo com o seu valor, a ecologia e os requisitos específicos de cada situação.

 

A madeira é um material reciclável e ecológico e, ao contrário do betão armado, em caso de fogo "indica-nos" os locais onde é necessário substituir ou reforçar.

 

A madeira permite-nos uma rápida execução de lajes de cobertura e de pavimento, além da possibilidade de, nos seus interstícios, aplicar isolamentos, canalizações ou cablagens de forma muito acessível.

Pigmentos naturais



Os pigmentos que utilizamos são de origem natural e são usados para dar cor a tintas e argamassas.

 

A maioria são corantes secos, usualmente moídos num pó muito fino. Este pó é adicionado à cal, água de cal, uma resina, ou argamassa, também conhecidos por ligante ou veículo de cor branca ou sem cor que suspende o pigmento e confere à tinta a sua aderência.

 

Origem da foto: 

http://ladobestudio.blogspot.pt/2010/11/pintura_29.html