Aquecimento Passivo 

 

 

Estratégias essenciais para uma construção ecológica
 
Parede Trombe
Parede Trombe

Nesta casa, a parte maciça, a que acumula a temperatura, é feita de betão que posteriormente foi pintado com tinta preta para altas temperaturas. Posteriormente,-lhe foi aplicada janela com vidro duplo e veneziana, esta última o garante do ensombramento nos dias de maior calor.

press to zoom
Parede Trombe
Parede Trombe

press to zoom
Moradia em Góis
Moradia em Góis

press to zoom
Parede Trombe
Parede Trombe

Nesta casa, a parte maciça, a que acumula a temperatura, é feita de betão que posteriormente foi pintado com tinta preta para altas temperaturas. Posteriormente,-lhe foi aplicada janela com vidro duplo e veneziana, esta última o garante do ensombramento nos dias de maior calor.

press to zoom
1/7

Tendo como objetivo uma construção ecológica há que saber tirar partido das condições naturais do local, e o aquecimento passivo é exatamente isso: um conjunto de estratégias de captação, armazenamento e distribuição de energia tendo em vista o conforto térmico interior, sem utilizar sistemas ativos de climatização, que implicam consumo de energia e custos. 

 

Todos os nossos projetos têm em consideração as características específicas do lugar, analisando corretamente todos os componentes que a Natureza coloca ao nosso dispor, de modo a ser possível utilizá-los da maneira mais eficiente. 

 

As paredes de trombe e as estufas são precisamente duas maneiras diferentes, mas assentes no mesmo princípio, de, tirando partido da energia solar, aquecer o interior de uma edificação.

 

Tendo em conta a atividade de cada divisão e a necessidade de iluminação natural e aquecimento, projetam-se estes elementos, corretamente dimensionados e orientados, de forma a satisfazer as necessidades térmicas.

 

Na sua essência as paredes de trombe é um sistema através do qual uma parede maciça, com uma massa térmica capaz dum grande armazenamento, durante o dia absorve a energia solar e a liberta durante a noite. Esta estratégia permite um controlo bastante eficaz da temperatura interior, sendo capaz de assegurar uma temperatura estável e confortável em todos os períodos do ano.

 

As estufas funcionam de uma forma semelhante, com a diferença de que podem situar-se longe da construção ou adjacentemente, sendo que a transmissão se processa diretamente por convecção, no caso de serem divisões contíguas, ou por condução através dum sistema de tubagens.